sábado, 26 de março de 2011

Filhoses de forno

Já tenho esta receita para publicar desde o Carnaval, que é quando este doce é "tipicamente" comido na Ilha Terceira. A receita retirei do livro de receitas da minha avó, mas é por assim dizer igual a todas as outras ;)
Adoro comer estas filhoses e fazem lembrar-me a minha infância, na altura em que vive na ilha Terceira. Como não podia ser a 1ª vez que fiz, tive que experimentar em adaptá-la na Bimby :P
(provavelmente vou receber comentários como uma vez recebi, do género "se a sua a sua avó soubesse do assassínio da receita" , mas a bimby é a minha maquina de bater, a minha panela, por isso faço tudo nela... :P)

Espero que gostem tanto como eu :)


Ingredientes (massa)
5 ovos
250g farinha
250g água fria250g leite
1c. chá fermento
Sal fino qb.
(Convém peneirar a farinha com o fermento.)

Preparação (massa)
Pré aquecer o forno no máximo (250º)
Colocar no copo a farinha e o fermento e peneirar 30seg/vel3. Reservar
Meter a borboleta, os ovos uma pitada de sal. Batem-se durante 8min/vel4.Com a maquina ligada, na vel.4, através do bocal ir metendo a farinha, o leite e a água, alternando sempre.
Deitar a massa em formas de queques, untadas (usei o spray da Espiga). Vai ao forno, por norma elas estão boas para tirar quando tiverem crescido e ficarem com um tom "a
lourado" :)
Retirar do forno e deixar arrefecer um pouco antes de as tirar das formas. Deixar arrefecer por completo.

(Enquanto as filhoses estão no forno vamos preparar o recheio)

Ingredientes (recheio)
500g açúcar
500g leite
3 gemas
2c.sopa amido de milho (uso o da Espiga)
1 limão

Preparação (recheio)
Com o copo bem limpo e seco, colocar a casca do limão (só parte branca) e
pulverizar uns segundos na velocidade 9. Juntar à raspa de limão o leite e o açúcar. Programar 7min/90º/vel2. Verificar se está a ferver.À parte misturar o amido de milho com um pouco de leite e os ovos.
Programar 6min/90º/vel3 e através do bucal ir deitando aos poucos a mistura dos ovos. Quando faltar um minuto subir para os 100º. Verificar se está consistente.

Deixar arrefecer.Dá-se um corte com uma tesoura de cozinha.

É só rechear :)

10 comentários:

Mary - Strawberrycandy disse...

Ai Andreia, tu matas-me com estas deliciosas sugestões!!
Beijinhos

Luísa Alexandra disse...

Que maravilha, estão com um aspecto mesmo guloso!

Gisela disse...

Lindos, já tinha visto essa receita no blog da elvira, se não estou enganada, e já nessa altura tinha gostado imenso. Nada como uma receitinha de familia
Um beijinho

saborcomletras disse...

Na minha infância não tinha consciência da boniteza do mexer nas panelas. Hoje, sim! Consigo ter clareza da importância, de tantas e tantas vezes, ver a minha mãe com as mãos sujas de farinha e ovo, preparando bolos, pães e tantas outras delícias. Agora sei, ela estava fazendo muito mais que nos alimentar.

VG_Açoreana disse...

Olá Andreia. Também sou Terceirense e gostei imenso da adaptação da sua receita, mas gostava de lhe perguntar se já experimentou a usar manteiga na massa? è que a receita que tenho (tradicional) leva manteiga...
Fica uma sugestão. Quando experimentar depois digo como ficaram as minhas.
XOXO

VG_Açoreana disse...

Olá Andreia.
Fiquei feliz ao ver a sua receita e como também sou Terceirense decidi experimentar... Muito Boas!
No entanto, ao consultar a minha receita (tradicional) reparei que leva manteiga e a sua não. Já experimentou alguma vez a utilizar?
Eu vou experimentar na próxima vez e depois digo-lhe como ficou.

XOXO
Vânia

susaninha disse...

Pelo que percebi estas filhoses pelo que percebi ficam ocas por dentro para as podermos rechear.

A massa é posta na formas tal e qual como se faz para os queques???

susaninha disse...

Pelo que percebi estas filhoses ficam ocas por dentro para as podermos rechear.

A massa é posta na formas tal e qual como se faz para os queques???

Andreia Cambez disse...

Sim Susaninha :)

Anónimo disse...

o que sao 250 gramas de agua ou de leite nao conheco essas medidas obrigado

Poderá também querer ver...

Blog Widget by LinkWithin